Entendendo o processo de tarifação do CallManager e TollManager - Parte 2

Nesta série de artigos apresentaremos a flexibilidade no processo de tarifação de chamadas oferecido pelo CallManager 2008. Na série de dois textos, o primeiro está disponível em nosso site e na newsletter de julho. O segundo está sendo disponibilizado nesta newslleter, não deixe de conferir o restante do artigo

Neste artigo continuaremos a discussão sobre o processo de tarifação no CallManager 2008.

No último artigo [http://www2.direction.com.br/paginas/news/news.asp?id=288], falamos sobre condições simples de tarifação, nossa proposta é aprofundar um pouco mais sobre as variações de tarifação existentes em muitos clientes.
Vamos agora para uma situação simples que exige configuração diferenciada para que a tarifação seja realizada corretamente.

Cenário
Para fins de redução de custo o cliente possui um conjunto de “interface celulares”. O PABX é configurado para redirecionar as chamadas destinadas para celulares “roteando” estas chamadas para este conjunto de interfaces celulares. É evidente a redução de custo, visto que as tarifas de chamadas entre celulares são relativamente menores, justificando o investimento da compra das interfaces celulares.

Problema.
Ao emitir os relatórios do CallManager 2008 o cliente identifica que o custo nos relatórios é superior ao custo do somatório das contas fixo-fixo (Local, DDD, DDI ...) + o custo das contas dos celulares que estão dentro das interfaces.
O que está acontecendo?
Simplesmente o CallManager está utilizando as tarifas da operadora para fixo-fixo para tarifar as chamadas das interfaces celulares, gerando esse erro no custo final.

Solução
O CallManager permite tarifação diferenciada, dependendo do meio físico que a chamada seguiu, por qual tronco ela passou. Em resumo, podemos atribuir custos diferenciados para troncos distintos.
Para solucionar este problema bastaria realizar o cadastro dos troncos que estão ligados as interfaces celulares. Neste cadastro é atribuído um plano com as tarifas corretas aplicadas pela operadora do celular.

Cadastro de troncos

Após definir o número do “Grupo de troncos” e “Tronco”, defina a tarifa, selecionando a prestadora e plano desejado. Também é possível cadastrar uma serie de troncos de uma só vez utilizando o parâmetro “Incluir faixa de Troncos”.

Cadastro de troncos - tarifas

 

Observações:

•Um “tronco” deve ser vinculado a um “grupo de troncos”, também conhecido por rota. Muitos equipamentos não possuem grupos de troncos (Rotas) e só enviam a informação dos troncos para os bilhetes gerados. Em caso de dúvidas sobre o cadastro dos Troncos, acione o suporte técnico por telefone ou email.

• Lembre de cadastrar um tronco com a data aproximada (Validade) em que este tronco entrou em operação com a nova tarifa. Desta data em diante as chamadas assumirão as tarifas aplicadas ao tronco.

          O plano vinculado ao tronco tem maior prioridade de tarifação do que o plano padrão do sistema, sendo assim, ao ser importada uma ligação que utilizou um tronco “X”, se esse tronco estiver cadastrado com um plano vinculado a ele, o custo desta ligação ficará com o valor deste plano, desconsiderando assim o valor do plano padrão atual do sistema.

          Existe também a possibilidade de cadastrar determinados troncos com tipo de tarifa “sem custo” (Tie-Line), esse procedimento é utilizado quando um ramal de um PABX (central telefônica) se comunica com o ramal de outro PABX do mesmo grupo ou empresa. Geralmente essa comunicação não gera custos para fins de tarifação. Estes tipos de ligações são internas entre unidades e não possuem valor. Porém ao saírem de uma central para outra essas ligações possuem característica de chamada de saída (utilizam troncos para acesso externo). Estes troncos podem ser cadastrados no CallManager com um tipo de tarifa “sem custo”, fazendo com que tudo que passe por eles fique com “custo zero”.

Note agora outra situação.

          Sua empresa possui mais de um link de comunicação com diversas operadoras, e seu PABX permite que você escolha por qual desses links a chamada será realizada. O Callmanager também pode tarifar as chamadas com as devidas diferenciações de custo, permitindo que a chamada tenha o custo dependendo do “meio” por onde ela foi processada. Para isso basta cadastrar os troncos que serão associados aos meios de comunicação externos associando os seus respectivos planos. Veja um exemplo:

• Grupo: 0, Troncos: 0 ~ 29 – Link digital (30 canais) com a operadora “A” – Plano customizado “operadora A”
• Grupo: 1, Troncos: 0 ~ 29 – link digital (30 canais) com a operadora “B” – Plano customizado “operadora B”
• Grupo: 2, Troncos: 0 ~ 7 – Pool de Interfaces celulares (8 circuitos) com a operadora “X” – Plano customizado “operadora X”

No próximo artigo iremos continuar um pouco mais o nosso aprofundamento sobre as possibilidades de tarifação do Callmanager 2008.

Até lá!

Add Feedback